• Início
  • Sobre a Autora
  • Textos
  • Poemas
  • Contato
  • O dia que decidi fazer a transição.



    Oi, Gente!!!

    Uma das coisas que está em alta nos últimos tempos são as mulheres que decidem voltar aos seus cachos naturais deixando de lado o uso de progressiva ou outros tratamentos para alisamento dos fios...

    Bom, eu sou uma das mulheres que aderiu a essa moda, mas para mim foi muito além de voltar a ter meus cachos, mas muito mais um momento de reencontro.

    Proteção para que?






    Hoje é aquele dia que eu preferia que não tivesse começado, mas ainda bem que não possuo poderes divinos, afinal as situações estão aí para serem vividas. Como sempre procuro fazer, busco ser grata até mesmo nesses momentos de adversidades, há muito tempo aprendi que elas me tornam forte, a ser mais observadora e atenta, mas nunca para envolver meu coração em uma casca dura, esse tempo já passou...

    Afinal, eu aprendi que de nada adianta ter uma casca envolta em meu coração, pois isso de nada adianta no quesito proteção (temos apenas a falsa sensação de), quando tiver que amar ou quando tiver que doer, simplesmente vai acontecer...


    Encontros e Despedidas



    Lembro como hoje, de um cartão que ganhei quando adolescente de um namorado e nele dizia algo como "ninguém passa pela sua vida sem deixar um pouco de si e levar algo de ti", talvez naquela época não tenha entendido a grandiosidade disto.

    Hoje, depois de tantos encontros e despedidas, tenho bem claro que tudo o que sou hoje é resultado também das minhas vivências sociais.

    Séries que mudaram a minha vida...


    Oi, gente!!!

    Sumi né? Normal, nem todos os devaneios são escritos e publicáveis e como já havia me prometido há muito tempo atrás, não vamos prometer mais e deixar que os escritos e vontades de publicar venham de forma natural, afinal quem comanda meus dedinhos e coração??

    Então, antes de falar sobre o tema de hoje, só quero dizer a vocês, sejam felizes em 2017, boa parte dele ser feliz só depende de você e do que carrega dentro do seu coração.

    Eu sempre fui muito ligada em séries, mas não me considero viciada, poucas são aquelas que realmente me prendem e me fazem querer mais...

    Mas duas séries me marcaram de forma profunda, com suas lições de amizade, amor, companheirismo e união.


    Grey´s Anatomy está na sua décima terceira temporada, por muitas vezes odeio a Shonda, mas acredito eu que todos os fatos e dramas desenvolvidos por ela é que fazem desta série ser o que é.

    Engana-se quem acha que Grey´s seria uma réplica de Plantão Médico, mas é um engano mega feio. Sim, teremos casos médicos e sim, você vai se envolver e ficar intrigados com eles.

    Mas o ponto principal aqui, é tudo o que acontecerá não só com a Meredith Grey, mas também com seus colegas/amigos da equipe médica.

    Naquele banco...



    Eu estava ali, sentada naquele banco, lendo um livro, como sempre! Levantei o olhar pensando na última frase que havia lido até que você invadiu meu campo de visão, sem pedir licença.

    Você estava caminhando, meio reflexivo, meio sorridente. Eu também sorri, sua felicidade me contagiou. E nesse momento, me apaixonei.

    Passei dias e dias naquele mesmo banco, te amando platonicamente, observando e memorizando cada um dos seus detalhes. A sua forma de passar a mão pelos cabelos, o sorriso de lado ou até quando coça o queixo quando está decidindo entre a pipoca ou o sorvete.

    Até que, em um dia ensolarado, onde eu lia meu livro predileto, você também me notou. Veio caminhando em minha direção, de forma leve e determinada. 

    Aproximou-se, sentou ao meu lado e disse "Oi, você sorri como o sol"!