• Início
  • Sobre a Autora
  • Textos
  • Poemas
  • Contato
  • Séries que mudaram a minha vida...


    Oi, gente!!!

    Sumi né? Normal, nem todos os devaneios são escritos e publicáveis e como já havia me prometido há muito tempo atrás, não vamos prometer mais e deixar que os escritos e vontades de publicar venham de forma natural, afinal quem comanda meus dedinhos e coração??

    Então, antes de falar sobre o tema de hoje, só quero dizer a vocês, sejam felizes em 2017, boa parte dele ser feliz só depende de você e do que carrega dentro do seu coração.

    Eu sempre fui muito ligada em séries, mas não me considero viciada, poucas são aquelas que realmente me prendem e me fazem querer mais...

    Mas duas séries me marcaram de forma profunda, com suas lições de amizade, amor, companheirismo e união.


    Grey´s Anatomy está na sua décima terceira temporada, por muitas vezes odeio a Shonda, mas acredito eu que todos os fatos e dramas desenvolvidos por ela é que fazem desta série ser o que é.

    Engana-se quem acha que Grey´s seria uma réplica de Plantão Médico, mas é um engano mega feio. Sim, teremos casos médicos e sim, você vai se envolver e ficar intrigados com eles.

    Mas o ponto principal aqui, é tudo o que acontecerá não só com a Meredith Grey, mas também com seus colegas/amigos da equipe médica.

    Uma trilha sonora incrível, que até encontrei no Spotify criada por alguma alma musical muito boa.

    Uma das coisas que mais gosto nesta série é que nenhum personagem, inclusive os secundários, aparece nessa série por nada, para cada um deles existe uma grande explicação e razão.

    As Season Finale é que fodem (ops!) com meu psicológico, afinal Shonda sempre encerra uma temporada de forma épica, com muito drama, acidentes, mortes, lágrimas e meu lindo coração destruído.

    E até hoje, eu acredito que, na maior parte do tempo, o amor é uma questão de escolhas. É uma questão de tirar os venenos e as adagas da frente e criar o seu próprio final feliz.

    Dos 5 personagens principais iniciais, o M.A.G.I.C. (Meredith, Alex, George, Izzie e Cristina), atualmente só contamos com a Mer e o Alex (meu grande amor nessa série). Cada um seguindo os seus caminhos, mas durante as temporadas, cada um deles sempre será relembrado.

    Os personagens que mais mexem comigo são Alex, você sempre vai querer uma amigo com ele, Mer e a Cristina. São 3 personagens de personalidades diferentes e marcantes.

    Sem contar a amizade incrível que existe entre Mer e Cristina. E a frase abaixo é suficiente para explicar o que existe entre elas.

    Se eu matar alguém, ela é a pessoa que eu ligo para me ajudar a arrastar o corpo pela sala. Ela é minha pessoa. 


    One Tree Hill (Lances da Vida) tem 9 temporadas e foi a primeira série que assisti de verdade, que esperava ansiosamente por cada lançamento de nova temporada e eu tinha os personagens como figuras que queria como meus amigos e até mesmo como uma paixão.

    Cresci junto com eles, começamos na adolescência e nos despedimos quando já éramos adultos cheios de sonhos e algumas realizações.

    Um série que teve como ingrediente principal a amizade, foi ela que uniu cada um dos personagens.

    A trilha sonora da série é muito foda e com certeza conheci muitas bandas e músicas devido a série. (Outra alma maravilhosa no Spotify)

    A série me arrancou lágrimas, sorriso, gargalhadas e muitos devaneios. Afinal, a série abordou diversos temas que me fez refletir sobre, alguns dilemas eu passei em alguma fase da minha vida e é interessante poder vê-lo em outras visões e versões.

    As relações amorosas me arrancaram muitos suspiros... Fosse Lucas e Peyton, Nathan e Haley.

    Mas sem dúvida, a minha personagem preferida é Brooke Davis <3

    A maioria dos episódios se encerrava com uma mensagem ou dizeres importantes, muitos anotados aqui e ali, relembrados durante muito tempo depois do término da série.

    E encerro esse post delícia, com a minha frase preferida de todas.

    A felicidade é um estado, uma condição, não um destino - Julian - One Tree Hill

    0 comentários :

    Postar um comentário